quarta-feira, 8 de abril de 2015

Crescimento: sou a mais baixa da turma...




Cacau tenho 10 anos estou com medo porque minhas amigas já menstruaram e eu sou a menor da sala se eu menstruar eu vou ficar muito pequena...

Recebi a pergunta acima, e espero ajudar...

Bom, se você está com esse receio, o melhor a fazer é primeiro conversar com os seus pais sobre a sua preocupação. E depois, o ideal é procurar um médico, que pode ser um endocrinologista especialista em crescimento. Ele poderá investigar melhor o seu caso e lhe orientar. Você pode também, procurar um ginecologista, pois, ele também pode ajudar. A menstruação pode sim, ter um impacto no crescimento, o melhor é buscar um médico para analisar o caso. São feitos exames para ver a idade óssea, entre outros. Seus pais, junto com você, podem procurar um médico com boas referências. Os planos de saúde possuem uma variedade de especialistas.
Não precisa ter medo de menstruar, isso irá ocorrer eventualmente, em algum momento. Não tenha medo das coisas, nós combatemos o medo nos informando melhor. Muitas vezes, e você irá comprovar isso através de experiências, é que o medo em si não significa nada. Nós criamos o medo por insegurança, e quando nos informamos melhor e começamos a traçar planos, metas e termos ideias para resolver problemas e buscar soluções, esse medo começa a diminuir até sumir. Isso serve para qualquer problema.
É claro que você não acorda de repente e tem todas as soluções, mas trilhar esse caminho e buscar resolver suas dúvidas é um passo importante para passar para as ações e tomadas de decisão. Conversar e trocar ideias com pessoas bem informadas e que possam lhe orientar pode ajudar muito, até mesmo para lhe tranquilizar. Como você é muito jovem, converse primeiro com seus pais e lhes diga o que está sentido e que essa questão do crescimento lhe preocupa. Conversem sobre o assunto, se eles não souberem o que você está sentindo, não poderão adivinhar e nem lhe ajudar. Sentem juntos para conversar. Se for o caso, converse primeiro com um e depois com o outro. Pode ser que estejam muito ocupados, correndo para todo lado e ansiosos por causa de trabalho, etc, mas, não desista, diga que gostaria muito de conversar com eles.
Tenho primas e primos que passaram por questões relacionadas ao crescimento. No caso, eram meus tios que estavam preocupados com o desenvolvimento deles e buscaram endocrinologistas especializados em crescimento.
Cada pessoa tem um tamanho, algumas são mais altas, outras são extremamente altas e outras mais baixas. Em geral, o que não é uma regra, os meninos, no final da adolescência,  tendem a ser mais altos do que as meninas. Mas, também existem meninas muita altas e da mesma forma, existem meninos mais baixos. Eu tenho uma amiga que é bem mais baixa, inclusive, em relação a sua família toda. Ela custa para achar sapatos do jeito que ela gosta por causa de numeração, mas ela está super bem... Isso não a incomoda. Quando ela era criança, ficava mais preocupada, mas agora nem tanto... Ela tem estado mais preocupada com o peso dela, para ficar no peso certo... bom, ela e muita gente :-)
Também tem meninos preocupados com seu crescimento. Todas as pessoas passam por mudanças na puberdade. E de novo, o melhor é buscar orientação para cada caso. Às vezes, as pessoas se preocupam e depois descobrem que está tudo ok, e o que estão passando é normal. Então, ficar se preocupando sem saber a situação não faz sentido. O melhor é procurar um médico  que possa orientar e avaliar o caso.
Um beijão
Cacau

2 comentários:

  1. Cacau sou eu denovo !!!! muito obrigada

    ResponderExcluir
  2. Já posso ir na ginecologista??

    ResponderExcluir